Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dueto Fada-Espelho



Fada:
- Diz-me espelho meu,
haverá outra como eu?
Assim linda e afamada,
misto de mulher e fada?

Espelho:
- Mas como estás vaidosa!
Cuidado com a invejosa...
vê se continuas singela
e redobra tua cautela!

Fada:
- Mas que estás tu dizendo?
não vês que estou fazendo,
um despretensioso poema
com o espelho, como tema?

Espelho:
- Agora estás-me a envaidecer,
sobre mim, estás a escrever?
Um simples pedaço de vidro...
até me fazes sentir querido!

Fada:
- Simples, o espelho duma fada?
Onde me vejo, numa mirada,
antes de voar pela floresta
para chegar diáfana á festa?

Espelho:
- Sou um espelho muito antigo
Tua mãe quis ficar comigo
sou feito de prata e diamante
alinda-te para o teu amante!

Fada:
- E eu uma fada majestosa,
sou só um pouco vaidosa,
agora vou sair para ir voar,
fica aqui a me aguardar!

Espelho:
- Lá vai ela enfim feliz
oxalá não parta o nariz!
já não sei se ela é fada
ou mulher apaixonada!

Arlete Piedade - Fada das Letras
www.mundopoeta.net/fadadasletras
Fada das Letras
Enviado por Fada das Letras em 04/09/2006
Código do texto: T232650

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fada das Letras
Almeirim - Santarém - Portugal, 60 anos
243 textos (32149 leituras)
3 áudios (178 audições)
5 e-livros (288 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:00)
Fada das Letras