Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cá, lá!



Olhar fixo em lugar algum,
Do lado de cá:
Pensamentos, duvidas, desejos...
Do lado de lá...

O tempo é lento
Não existe.
Vultos passam de lá pra cá,
Carregando o desejo vazio.

O olhar é nada,
O que o olhar olha
É a única coisa
Que ainda resta.

E o que ainda resta
É o nada (foi o que o tornaram).

Assim passa
O nada... O olhar...
O olhar que o nada olha,
O olhar que olha o nada...


Moizaniel
Enviado por Moizaniel em 05/09/2006
Código do texto: T233309
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Moizaniel
São Luís - Maranhão - Brasil, 27 anos
11 textos (487 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:43)
Moizaniel