Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NO RECANTO DE MEU RANCHO

Nasci em um lugar mágico
Onde os pássaros cantam
Pelegrinos do verso atroz
Onde ninguém imita sua voz

Num lugar onde a chuva beija a terra
Num olhar sobre a curva lá da serra
Onde escondem os ninhos de diamante
No ápice do alucinante
Lá, onde dorme o gigante,

Em agosto tem seca e poeira,
Setembro faz fria, a noite inteira,
Outubro, as flores e guarirobas,
Novembro, os frutos das gabirobas.

O cheiro da terra molhada,
Do pequi, e da serra orvalhada.
Das árvores tortas e pequenas,
Lá da terra das seriemas,
É um lugar onde encontro paz
E de lá quero ser cada vez mais

Eu te amo meu Goiás.
Rafael José
Enviado por Rafael José em 06/09/2006
Código do texto: T234107

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael José
Iporá - Goiás - Brasil, 32 anos
50 textos (2378 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:39)
Rafael José