Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Loucura

Aonde superego perdura
Veja-se o cúmulo de loucura
Aonde raiz se estabelece
Uma mente louca, padece

Vem cá, pra ver besteira
Fica aqui, seja a primeira
Esteja perto, não enlouqueça
Esqueça, não se entristeça
As realidades se sobrepõem na cabeça

Dance, escute o pesar escuro
Visão de louco, futuro!
Deixa estar o que acontecer
Quem é louco saber viver
Não quer retroceder

Vai em instantes acontecer
Vai que clareiras vão brilhar
Não sei onde louco vou padecer
Mas vou, insano, gritar!

Por você, vida!
Pra você querida!
Vida!
Louca!
Pouca!
Atrevida! Loucura de estar vivo!

Esteja calado coração atrevido!
Acham-te louco, não vivido!
Louco quem perdura...
Normal quem mistura...
Viver socialmente...
Com a marginalidade mental em mente...




Gustavo Luiz Martins Oliveira
Enviado por Gustavo Luiz Martins Oliveira em 06/09/2006
Código do texto: T234343
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gustavo Luiz Martins Oliveira
Santo Antônio do Monte - Minas Gerais - Brasil, 35 anos
132 textos (3758 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:09)
Gustavo Luiz Martins Oliveira