Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ca[ótica]

Por que andas no meio da rua?
Por que desrespeitas o sinal de trânsito?
Por que não olhas para o lado quando atravessas?

Jã não se sente como pessoa
Não mais crê nos homens
Transborda-te ja o temor sanguissedento
despida de sonho no altar

Por que andas no meio da rua?
vês carros na pista de passeio?
vês a lua no semáforo pestanejando?
vês almas com rabiolas colorindo o céu e cuja linha
está arramada em um objeto cilíndrico?

Por que andas no meio da rua?
És imponente?
Tua educação foi multada,
Ou tua conduta não passou pela vistoria?

Por que andas no meio da rua?
como eu, nossa insistência, toda a periferia?
Os guardas não te multam?
Os guardas não te culpam?
Buzinar ja não te surte efeito
Teus pés são quilometrados
tua vida a óleo reduzida...

Enquanto andas no meio da rua,
a vida não te espera refletir
Se viver é uma peça de automóvel
há qualquer momento pode enguiçar!


lucheco
Enviado por lucheco em 07/09/2006
Reeditado em 07/09/2006
Código do texto: T234535
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
lucheco
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil, 37 anos
128 textos (62103 leituras)
6 áudios (1218 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:02)
lucheco