Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ilusão não passa de uma tortura

Meu coração já não suporta mais tanta dor.
Todos sabem, mas ignoram a dor que traz.
Consigo um amor, amor não, a ilusão de uma
Falha paixão. A ilusão da imaculada visão
Do sustento infinito.

Guerras vãs, batalhas perdidas e nada.
Compara-se a dor do amor ilusório.
Se pelosa menos ela soubesse a composição de meu ser.

Tenho uma pele que queima de dor
Quando não te vejo.
Tenho um coração que é forte como
Uma rocha, porém ele se quebra
Quando não está ao seu lado.

Minha visão te alivia como uma leve brisa
De inverno, mas que se torna uma tempestade.
Quando não sente a sua presença.

Meus simples gestos são como o sopro
De um animal feroz querendo sua presa ao alcance.
E a luz que se brota em todas horas de minhas poucas alegrias
Reveste a minha aura com total magnitude.

Sou feito de tudo menos de amor,
Nunca tive a oportunidade de conhecê-lo
Então como posso compreender o que eu não conheço?

Sou ardido no rancor de não ter a quem amo
No lado, sou piloto, sou aviador, porém não sou nada.
Vôo mais à procura do meu amor, pois se você
Fosse a única peça do meu elementar corpo,

Veria no outro lado do mundo o efeito que causa
A devastação do meu corpo e voaria nos encantos
Do meu tumultuado corpo só para me enganar novamente.
Edmir Junior
Enviado por Edmir Junior em 08/09/2006
Reeditado em 08/09/2006
Código do texto: T235373
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edmir Junior
Juripiranga - Paraíba - Brasil, 30 anos
83 textos (1735 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 08:10)
Edmir Junior