Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

vê as vísceras.




A explosão acontece agora
na cabeça poética
de baixo do céu azul.
Uma volta na zona de exclusão
onde passam por cima
dentro de aviões
as personagens.
Porque sobre a terra
sob o sol escaldante
estam os verdadeiros da vida
que são subjugados
as oportunidades ermas
que sem braços para abraçar
correm loucos por ai
de mãos dadas com o acaso.
A prensa dos sonhos
revela nos oprimidos
valores incalculáveis.
Vejam as fichas pregressas
encontrarão dentre os maiores
os melhores poetas do mundo
por assim guardar
a face da vida em segredos.
Alguns suportam sonhar...
Nem os olhos conseguem vê...
Aqueles que sobrevivem.
Pois as ilusões
tomam o seu tempo.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 09/09/2006
Reeditado em 09/09/2006
Código do texto: T236296
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
722 textos (26305 leituras)
1 áudios (175 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:10)
Condor Azul