Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

devaneios...03

Fala-me das cores,
dos sabores,
mas somente aqueles,
aqueles lá,
de que falávamos outro dia.
Hoje, dia findo.
Escrevo com muitas pausas;
traduzem a velocidade de meu raciocínio,
agora relaxando...

Mesmo que a meu lado estivesse,
fosse numa proximidade qualquer,
teu cheiro e teu gosto
sentiria apenas em pensamento.
Estou privada desses sentidos...

Pensamentos fluem na doce espessa fumaça...
cinza... como o dia de ontem.
bem diferente de hoje;
sol arregalado!

Quanta ternura esconde
a dura armadura que o mundo lhe forjou!
Ela é falha!
Tem brechas que deixam esvair suaves palavras,
gestos carinhosos.

Não te escondas, doce criatura!

Por que essa teimosia em tornar-se borboleta?
A teimosia em deixar o casulo...que já não te cabes?

Vou, volto,
envolta na imensidão dos pensamentos.
Lua alta na imensidão doi céu.
Pensamentos e céu;
pensamentos no céu;
céu de pensamentos...
Encontram-se
como as retas paralelas: no infinito.

Divago... devagar.
Pois não quero perder-me numa das zilhares
de bifurcações,
trifurcações,
encruzilhadas,
que a vida coloca.

As pedras,
a todas encontro
sua serventia.
A história nos move, ou movemo-a?
O poeta disse
que tinha uma pedra no caminho.
O que ele fez com a pedra?
Ou nada fez?
História!
Luciana Leskevicius
Enviado por Luciana Leskevicius em 11/09/2006
Código do texto: T237676
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luciana Leskevicius
Rancharia - São Paulo - Brasil, 34 anos
11 textos (216 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:23)
Luciana Leskevicius