Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

com música em
http://www.moacirindio.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=237942


MAMELUCO


pois esse tal assunto me calou o buco,
mas, dele falo agora que estou caduco.
e isto ocorreu quando eu era mameluco,
tendo corrido baita risco de virar eunuco.

havia um escravo a apanhar de chabuco
por ter dito que o Sultão era um recuco.
e não deixo passar nada quando encuco,
mas o salvei ao disparar tiros de trabuco.

o tal do escravo lá no Harém fazia tijuco,
era encarregado de fazer saboroso suco,
que a Sultana usava para fazer um truco,
seduzir alguém servindo Seu 'ossobuco'.

levou-me à Ela, que me deixou 'maluco',
mas o caso veio à luz, me tornei cotruco.

Moacir et Selena 2006
brilhe a vossa LUZ!

'bebo o vinho que me
oferece uma linda rapariga e
não cuido da minha salvação.'

rubaiyát # 22 de Omar Kháyyám


***** glossário *****

buco:           boca

caduco:        que se anulou

mameluco:   soldado de uma milícia turco-egípcia primeiramente constituída
                    de escravos, mas que depois se tornou senhora do Egito, sendo
                    derrotada por Napoleão, na batalha das Pirâmides, e exterminada
                    por Mehemet-Ali em 1811.

eunuco:        homem castrado que, no Oriente, era guarda dos haréns.

chabuco:      chicote

recuco:         dizia-se do homem casado com mulher leviana, a qual continuava a
                    proceder mal após o casamento.
     
trabuco:       espécie de bacamarte

tijuco:          fazer tijuco em (um lugar): freqüentar (esse lugar).

truco:           truque

ossobuco:    guisado de rodelas de jarrete de vitela com o osso

cotruco:       vendedor ambulante de fazendas e objetos de armarinho.




Moacir et Selena
Enviado por Moacir et Selena em 11/09/2006
Reeditado em 11/09/2006
Código do texto: T237942

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome dos autores e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Moacir et Selena
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
736 textos (71204 leituras)
8 áudios (1059 audições)
5 e-livros (2339 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:04)
Moacir et Selena

Site do Escritor