Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As lágrimas

Não sei, olho para a rua
E não me apetece percorrê-la
Não tenho vontade
Fecho os olhos, levo as mãos à cara
E sinto cansaço
Um sentimento mesquinho
Sozinho
Faz tudo sozinho
Fado, choradinho!

Ai quem me dera passear
Sentar-me num parque
Ter alguém para conversar
Andar de comboio
Ir à praia
Tomar um banho
Em vez disso
Continuo pasmado
A olhar a rua escura
E a levar com a chuva nos cornos
Quero explodir
Mexer os pés
Mas não
Fico perplexo, sem reacções
E a chuva cai agora forte
Que saudades do sol
De um bom livro
Uma boa rima
De um arco-iris
Saudades de ter sentimentos
Saudades de ser criança e brincar
Cair e gostar
Sorrir e chorar
Saudades das coisas que passaram
Saudades da minha mãe
Saudades da minha avô
Saudades de uma lareira no Inverno
Tenho saudades de mim

Passa um carro a alta velocidade
Chapina-me com lama
Ainda não comecei a caminhada
E acho que não vou sair daqui
Até secar
-As lágrimas-
Rigo
Enviado por Rigo em 15/09/2006
Reeditado em 15/09/2006
Código do texto: T240523
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rigo
Portugal, 31 anos
78 textos (4138 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:54)
Rigo