Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Leviano coração

Prostrado diante do obscuro sorriso,
Tu desdenhas de mim
Simplesmente se brincasse como um lírio,
De pétalas frágeis, mas, significante.

Vergo-me diante do teu simples oi,
ou simplesmente, diante do teu sorriso.
Protesto, se às vezes, não te encontro,
se não te vejo.

Insandesso, se me vejo louco de amor,
abafado por dentro,
corroído pela ilusão
E sustentado pela vontade de te.

Torno- me sóbrio se não lamento do teu olhar,
Se o vejo curvar os meus em descrita comunicação:
Amamo-nos,
Mas, não se sente um desses coração,
Tão leviando, que causa o sofrer.
CALIXTO
Enviado por CALIXTO em 15/09/2006
Reeditado em 15/09/2006
Código do texto: T240735

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CALIXTO
Itagi - Bahia - Brasil
222 textos (11574 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 10:06)
CALIXTO