Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sussuros

Minha alma anda sem brilho
Turva sem realce quase fosco
Vira presa fácil no caminho escuro

A luz dos meus olhos não clareia mais
Nem mais pode se dizer que é luz
E já não traduz qualquer expressão

Expressa apenas o dissabor oculto
Pelo luto de um amor de partiu
Deixando aqui quase nada

Apenas um sabor de veneno no hálito
Que brinda ao acaso com meu sangue
Dentro das minhas velhas veias

Meu grito não ecoa através de mim
E de tantas vezes que tentei, chorei
E sussurros foi tudo que saiu mim
ANGELO RONCALLY
Enviado por ANGELO RONCALLY em 15/09/2006
Reeditado em 15/09/2006
Código do texto: T240951
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ANGELO RONCALLY
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil
44 textos (2285 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:33)