Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem restrições

Ainda bem que não sigo linha alguma
"Amor: humor", "brancos como a bruma"

Não há mim medo da calma ou da surpresa
Meu caralho! Amo-te, deseperadamente, rara beleza...

Se a rima em mim é compulsiva, minha inconstância a quebra
Cachoeira cai na pedra, até um buraco formar

Meu idioma me fascina, mas meu amor mora tão longe daqui
I miss you so much baby, attente vous? Naturellement mon chéri
Guilherme Lombardi
Enviado por Guilherme Lombardi em 12/06/2005
Reeditado em 10/12/2010
Código do texto: T24103

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Guilherme Lombardi
Curitiba - Paraná - Brasil, 33 anos
152 textos (14480 leituras)
5 áudios (758 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 12:55)
Guilherme Lombardi