Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mulher decepção

                   

Uma curiosidade sem ênfase e despreocupada, digo até fútil por não
Haver solução na minha vontade de seguir adiante como amigo, porque
Talvez em seus valores a amizade não exista entre  o sexo oposto, notável
No seu egoísmo a visão generalizada de que o ser humano é um potencial
Em brinquedo para satisfazer o teu ego.
       Confesso o fantástico da sua atitude de me conhecer, da educação
E do teu dom extrovertido de lidar com as palavras é merecida, bela
Máscara que atrás você sustenta seus interesses maquiavélicos de sentir
Prazer e para o inferno quem quiser se não tens o que espera, admirável lobo
Em cordeiro a iludir sobre relações sinceras e saudáveis, espalha enfermidade
Espiritual com a falta de humildade e a prepotência de achar que tudo pode
Destroindo a tranqüilidade, a paz daqueles que se defendem de pessoas como
Você: propagadora de tristezas.
       Minha historia do ruim, do comportamento errado, de uma má índole,
Uma experiência com a falsidade, decepção somada a minha vida.
---------------- ----------- -----------
         
    Quero distancia da sua quietude, de seus joguinhos que lhe ilude
    De sedutora quando é seduzida, não perca-se nas aparências, tudo
   Pode ser o contrario do que acredita sua mente, não se acomode no
   Mesmo, busque mudanças, seja sempre mais, multiplique-se, indague
  Suas atitudes, experiência a respeito do crescimento interpessoal,
  Divirta-se do banal não se incluindo na mesmice excessiva do mundo
  Medíocre --- --- ----- ----14/05/04

Marcos Rosa

Marcos Rosa
Enviado por Marcos Rosa em 16/09/2006
Código do texto: T241666
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Rosa
Aracaju - Sergipe - Brasil, 35 anos
109 textos (3198 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:05)
Marcos Rosa