Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não esperem de mim...

Não esperem de mim
as palavras otimistas
ou camisas coloridas
que agradam a mente dos hipócritas,
porque eu vi a Fúria holocáustica
que range os dentes sobre os templos...

Não esperem de mim
os poemas humorísticos
ou louvores pró-políticos
que enfeitam a boca dos fingidos,]
porque eu vi a Bruxa cataclísmica
atrás dos risos dos desastres...

Não esperem de mim
as tiradas de alto astral
ou tributos ao normal
que cantam: “tudo vai tão bem”,
porque eu vi o Olho catastrófico
se abrindo no correr dos anos...

Não esperem de mim
esperanças no moderno
ou que me curve ao que é “certo”
que encanta os gozos dos “senhores”,
porque eu vi o Corvo Majestático
ardendo em febre no futuro...

                             
Alessandro Reiffer
Enviado por Alessandro Reiffer em 17/09/2006
Reeditado em 17/09/2006
Código do texto: T242152
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alessandro Reiffer
Santiago - Rio Grande do Sul - Brasil, 38 anos
289 textos (23236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:43)
Alessandro Reiffer