Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



RASCUNHO

Anotei, apaguei, tornei anotar...
Os rabiscos não tinham sentidos
Porém precisava guardá-los
Serviriam de base para mais tarde...

Amor frustrado, coração magoado...
Nessa utopia, versos espalhados,
Sem métrica, tampouco rimas.
Dentro do peito confusão de sentimentos!

Resgatei do cesto de lixo
Páginas amassadas com ira jogadas.
Entre um gole e outro
A dor em forma de poesia formava-se!

Anestesiado momento,
Os versos envolvendo
O sofrer tomando forma
As letras eram lágrimas...

Jamaveira 

Solidão
Autor: marcosramello
Galeria: Arte digital



Jamaveira
Publicado no Recanto das Letras em 19/09/2006
Código do texto: T22662

Jamaveira
Enviado por Jamaveira em 19/09/2006
Reeditado em 19/09/2006
Código do texto: T243893
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jamaveira
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 62 anos
1943 textos (95972 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:44)
Jamaveira