Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eterno do nada

"São estes os momentos em que gosto de escrever
Quando os dedos são olhos que vêem
E quando a boca não fala.

São estes os momentos em que gosto de escrever
Quando são os dedos que pensam o que eu penso sem falar

São estes os momentos em que gosto de escrever
Quando retorno ao eterno do nada."


Ana Mª Costa
Ana Maria Costa
Enviado por Ana Maria Costa em 20/09/2006
Código do texto: T244820
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Maria Costa
Portugal, 50 anos
152 textos (6923 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:14)
Ana Maria Costa