Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                                          Toc. toc

                                   Toc toc

                            ........... 

                    Toc toc

         Me dirijo até a porta e abro-a

Não vejo ninguém

    Toc toc

           Toc toc

                  ........

                       toc toc

                              Ah, sim agora percebo quem bate

                                            Agora percebo onde bate

É o sub consciente batendo na porta da consciência

        Me concentro e tento entender o porquê

                    Um avisa ao outro que algo está errado

                         Inquiro e me respondem

                                Quem diria

                                     Se apaixonar por uma fotografia

                                              E nem mesmo conheces a guria

                                     Eles acham que estou insano

                           De tanto entrar pelo cano

                Tantas tentativas, rogativas

    Sonhos desfeitos qual fumaça no ar

Não tomo tento, insisto em apaixonar

            Briguei com a lua e me apaixonei por uma estrela

Pudera quando chegou era minguada, minguante

                 Andou de quarto e quarto

                               Agora é cheia

                                          Não importa que esperneia

                             Nesse tempo só me sacaneia

                                                 Outrora era toda luz

                                                         Por isso a todos seduz

                             Agora quem sabe posso no espaço buscar

                   Certeza posta na mesa

        Luz própria para me iluminar e quem sabe

                                 Voltar a amar.
GDaun
Enviado por GDaun em 21/09/2006
Código do texto: T245356

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GDaun
Lupércio - São Paulo - Brasil, 72 anos
653 textos (43009 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:16)
GDaun