Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aborto_sinal de alerta

Filhos do silêncio
Sobreviventes da Talha
Sortilégios de loucuras
Arrastados por malhas

Chora forte pequenino
Não passas de um feto
Clama morada, anjinho.
Lata de lixo não é teto.

Chegada à hora
Será doce a lida
Tens nervos de aço, pequenino
Não sentiras a partida

Entidades da noite
Pingos de luz
Tem pena desse aflito...
Nasceu carregando uma cruz

Ouviram teu lamento
Mal nasceste ganhando nova vida
Tomaram o saco em que estavas dizendo:
Adiada a partida.

Não terás vida fácil
Teu legado é pesado
Bem pior será o presente
De quem te deixou no passado.

Entregue a Deus o teu destino
Nele, encontraras força, luz.
Sorva Sua paz, pequenino...
Teus passos, Ele conduz.


Manoel - 22/09/06 -05:17h
Manoel
Enviado por Manoel em 22/09/2006
Reeditado em 23/11/2011
Código do texto: T246279
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manoel
São Paulo - São Paulo - Brasil
494 textos (19129 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:24)
Manoel