Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Homo Bicha Bichas

Quantas no tempo
São as trajetórias do amor?
Antigamente quase sempre terminava em dor:
Tristão e Isolda, Julieta e Romeu
Ceci e Peri e a Marília de Dirceu.
Depois foi eterno enquanto durou:
Maíza, Lupcínio e Cartola
Até mesmo Paulinho da Viola.
Agora é o poço sem fundo
Da sua própria procura
Gerando nos homens, frescura.
Nas mulheres, lamentos dementes
E nos cofres...
Vagalhões de amores ausentes.
Nem guerreiros, nem Helenas
Nem musas, nem poetas
Apenas faltas e lágrimas sentidas
Entre cacos de almas partidas.
Onna Agaia
Enviado por Onna Agaia em 22/09/2006
Código do texto: T246499
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Onna Agaia
Belém - Pará - Brasil
38 textos (49765 leituras)
1 e-livros (72 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:47)
Onna Agaia