Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

aleijado



Ele era homem bom e calado de voz
pertencia a madrugada dos sonhos já não sonhados
Vestia farda e boné verde
Parecia uma autoridade na real
Mas já não pisava forte
E a sua decisão não imperava.
Reinava apenas os gestos.
A cadeira balançava aos movimentos de seus nervos
sempre a flor da pele.
A mulher esfregava o chão com as cochas a vista
Arrastando a cadeira. E o homem gritava:
 " Me dá um punhado de sussegu!!!""
ansari
Enviado por ansari em 23/09/2006
Código do texto: T247649
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ansari
Paranavaí - Paraná - Brasil
16 textos (581 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:30)
ansari