Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vem me buscar

Por ti lancei-me a um amanhã que nao pode ser

ledo engano, nao posso crer.

Erro, perdida em direções vazias...

vazia de afeto, paixao, nenhum sentimento

vazia de tudo, tambem de mim.

Percorro caminhos a esmo, em solitário tormento.

Palmilho mil estradas, nao tenho alegrias,

levo por companhia uma lembrança, um pedido

nao formulado, esquecido, um não , um sim.

Quis tanto crer que haveria o amanha que sonhei

foi um sonho só, e na solidão permaceço...

sem regaço, sem colo, sem consolo.

Nao posso cobrar-te nada, nada me prometestes

se houve engano foi meu, tenho esa ciencia

e nem posso alegar o alibi da inocencia.

Nao foste tu quem mentiu, fui eu que errei

quando a sonhar eu quis, por voce me apaixonei.

Desejei um amanhã a teu lado, que loucura!

Quis teus abraços, teus beijos, tua presença...

agora nao sei o que preciso mais, se teu amor

ou o esquecimento que nao podes ser

dessa paixão a minha cura.

Devolve, por Deus meu coração

meu peito vazio ja nao suporta mais

nao tenho a ti, nem mais a mim tambem...

minha alma partiu contigo, volta pra mim

ou vem me buscar de todo pra ir contigo.



 

Liane Furiatti
Enviado por Liane Furiatti em 24/09/2006
Reeditado em 20/01/2009
Código do texto: T248303
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre a autora
Liane Furiatti
Curitiba - Paraná - Brasil
776 textos (34943 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:51)
Liane Furiatti