Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PENSAMENTOS

A luz do beco que insinera minhalma
Tem a medida das sombras dos sons
Que faz de minha mente, a mais insana delas
Tendo-a como um baú antigo de pensamentos
Guardando
Todas as lembranças positivas;
Todas as lembranças desgraçadas;
Levando, a um mar de rosas, as lembranças.
Duma noite de amor, amizade eterna
Que faz as nossas faces brilhar.
Dum silêncio de pertubações
Tão envolventes quanto o medo.
Dum momento prazeroso
Inibindo a parte podre do antigo baú de pensamentos.
Proporcionando, um rio de flores
Levando a cair sobre mim
O motivo de cogitar
Sobre minha pessoa
Tornando-me feliz
Impedindo as lembranças ruins da mente.
De um bom instante
Atraentes como o pavor.
De um calor inquieto
Que reluz nossos rostos.
De uma escuridão sempre apaixonada e amiga
Trazendo até a felicidade, lembranças.
Desgraçadas;
Positivas;
Trancando e protegendo
No lugar seguro
Confiando em minha louca mente a chave
E os vultos imperceptíveis
Queima-me como o brilho do corredor.
Pablito
Enviado por Pablito em 25/09/2006
Código do texto: T249191
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pablito
Itaituba - Pará - Brasil, 25 anos
3 textos (160 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:56)