Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MÃE, SEMPRE MÃE!





Se brota do ventre linda flor
Ternura e fé faz sorrir coração
O mais lindo da vida é o amor
Da triste letra faz-se alegre canção

Mas se fruto trás espinho e causa dor
Pede ao Pai sempre em oração
Pra guiar em vereda com resplendor
Que jamais Ele o deixe na mão

Por seu rebento perde até o pudor
Sente espinhos cravando-lhe as mãos
Pois se a Cruz suporta não é por louvor

Mas por um filho sem comunhão
Que se esquece do que diz o professor
Pois mãe é: pai, filho tio e irmão!!!!






Carlos Alberto de Carvalho(Carloscarregoza)

Todos os meus trabalhos estão registrados na Biblioteca Nacional-RJ






carlos Carregoza
Enviado por carlos Carregoza em 26/09/2006
Código do texto: T249579
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
carlos Carregoza
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
102 textos (5962 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:40)
carlos Carregoza