Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Passageiro

Tudo que vem p/ mim é passageiro

Como que por empréstimo com data marcada p/ devolução

Nada me pertence de fato, nada de concreto,

que eu possa segurar firme em minhas mãos.

Tudo  que  chega até mim,

E traz alegria, logo termina, aos poucos se dissipa

Nada do que me vem permanece

É sempre felicidade ida, alegria de mim fugida

Tudo o que aqui encontra pouso, está sempre de partida.
direitos reservados Nadia Luz
Enviado por direitos reservados Nadia Luz em 29/09/2006
Código do texto: T252327
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
direitos reservados Nadia Luz
Londrina - Paraná - Brasil
80 textos (7863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:06)
direitos reservados Nadia Luz