Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALUNO POEMA

Tuas mãozinhas tão pequenas de criança
segurando o lápis do desenvolvimento.
És um guia, és luz de nossa esperança
e o mundo precisa de teu crescimento.

Teus olhinhos brilham querendo saber:
por que o céu é azul e por que a barriga dói?
De todo o Universo tu és o mais belo ser
porque não percebe a maldade do falso herói.

Tens muita fome de aprender
a desenhar a letra, até que de repente
tenhas condições de os livros, ler
e aos poucos perceber o mundo, ficar consciente.

Tudo queres saber, mexer, conhecer!
Corres até a exaustão para pegar o vento.
Tu és livre, feliz é teu ser
continuas correndo atrás, do conhecimento.

É da responsabilidade do professor
despertar no menino(a) o gosto pela ciência
mas lembrando que a técnica sem amor
é formar o homem sem alma, sem essência!

Aluno poema, de tão pouca idade
caminha passo a passo
buscando teu espaço
na estrada da maturidade.
Rosa Dias
Enviado por Rosa Dias em 30/09/2006
Código do texto: T253133
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosa Dias
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 59 anos
39 textos (6675 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:56)
Rosa Dias