Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
“nessa guerra”


é a primeira vez que luto sem esbravejar ou guardar rancor
e também a primeira que vejo o quanto sou fraco
você está cercada e eu não posso te ajudar
você vive aflita e o que posso fazer é te amar por telefone
eu guardo suas palavras com todo o carinho
e por isso que meu coração vive batendo tão depressa ultimamente

eu já tive medo de te perder
de te deixar pra traz ou de te fazer triste quando era pra mim te fazer a mulher mais feliz
quase abandonei minha última caixa de forças por achar que tudo já estava perdido
sua voz para mim é como música clássica
é o que me faz lutar cada dia diferentemente por você, meu amor
com você cada dia eu passo de “criança insegura” para “homem de coragem”

eu sei que uma das coisas que você pensa quando acorda de manha é em mim
porque eu também faço o mesmo
tenho certeza que sonhamos juntos algumas vezes
seja acordado ou deitados na cama em posições iguais
depois que eu te conheci eu fui de encontro a tudo o que eu já conhecia e ousava saber

quantas vezes eu vim com armas e você me trouxe rosas
quantas vezes eu tive medo e você se enrolou em meu pescoço pra me proteger
eu sei que você daria sua vida pela minha
e eu também faria o mesmo

não pense mais em morrer quando você está bem viva pra me amar
não pense em ir embora quando seu ônibus ainda não chegou
e nem me diga “tchau” sem antes me dar um beijo de boa noite
porque há muito ainda o que lutar por você
e eu vou usar de todo o meu poder pra isso
sem ferir a garota que mais amo nesse mundo
e de “muralha recebedora de tiros” você passará a “mulher mais amada por um homem”
Rônaldy Lemos
Enviado por Rônaldy Lemos em 01/10/2006
Código do texto: T253993
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rônaldy Lemos
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 34 anos
1173 textos (70532 leituras)
70 áudios (455 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:02)
Rônaldy Lemos