Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

2 de outubro de 2006



Quisera eu acordar, nesta manhã de segunda,
02 de outubro de 2006,
de presidente novo,
e políticos_ recentes ou não_ de idéias justas........
Mais  ainda........ quisera eu despertar, neste dia,

Com qualquer  esperança de que,
após aquele “FIM” que cada um que elege
vê escrito na tela da urna,
a FOME da ganância dos homens públicos
venha a ser, dagora e para sempre, ZERO.

Quisera eu acordar, sabendo que o autoritarismo está extinto,
que o clientelismo não funciona mais,
que o nepotismo deixou de ser.
Quisera,  nesta manhã, poder crer
que todo patrimônio público será respeitado, para o sempre.

Mais. Que o maior patrimônio público, maior de todos _ o povo_
será tratado com  a dignidade a que tem direito.
Que todo cidadão deste país terá,  quisera eu saber,
o seu posto de trabalho, afinal. E, como produto de seu trabalho,
terá teto, cama, roupa, comida, cuidados com sua saúde

e que cada um, não importa, vivente da urbe  ou do sertão,
terá escola  para aprender
ler, escrever, fazer conta de cabeça,
conhecer  modernas tecnologias além de História e Geografia e
saber da Filosofia e da Sociologia

e
principalmente
especialmente
essencialmente
fundamentalmente
finalmente

estará convencido de  que  cada representante do povo,
seja ele de cidade, de estado, do país,
legitimado por seu voto, carrega direitos e deveres tais os seus,
quem sabe, mais deveres junta ainda,
na postura  de guardião do que é de todos.

Quisera eu e_  creio_ quisera
cada eleitor  desta terra,
que a partir deste 2 de outubro de 2006,
este país venha a ser um lugar do mundo
onde apraz viver.





Terezinha Pereira
Enviado por Terezinha Pereira em 02/10/2006
Código do texto: T254136
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Terezinha Pereira
Pará de Minas - Minas Gerais - Brasil, 68 anos
124 textos (52879 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:16)