Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
NA ESCURIDÃO

A noite me faz calar,
Quedar os pensamentos meus
E que faço com os teus?
Estes sonhos vãos
De um começo e fim,
Ter você pra mim
Amante ilusão
E ter um porto seguro,
Me proteger da solidão.
Acalmar meu coração
Ver o mundo parar nos braços teus.
Que pena, em mim só doeu
Só dou eu.
Onde é que está teu cais ?
Aquele teu algo especial,
Fortaleza dedicada a mim
Um ouvir, aconselhar, afagar ...
Tenha calma,
Tenha fé
E o que fazer com os instintos meus
Se eles irracionais procuram os teus?
Será sempre forte e seguro esse teu grande muro?
Por que transpor é tão difícil ?
Difícil é não sucumbir
Às noites de frio e aflição.
Onde procurar os olhos,
O sorriso largo?

Chove, pouca água lá
E muita em meu coração
Afogando os medos, tristezas e
Incertezas na escuridão.
Divina Reis Jatobá
Enviado por Divina Reis Jatobá em 02/10/2006
Reeditado em 19/02/2007
Código do texto: T254458

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Divina Reis Jatobá - recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Divina Reis Jatobá
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 55 anos
289 textos (39970 leituras)
6 áudios (1218 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:26)
Divina Reis Jatobá