Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pra onde vão os sonhos?

Queria mais, queria colher frutos dos bens que plantei, mas...
Onde estão os meus frutos?
Já deu tempo de eles terem crescido e se tornado belas árvores...
Mas posso ver agora,
Não estão mais onde os plantei...
Quem teria os recolhido??
Eu nem os abandonei por tanto tempo assim...
Sei que fiquei apenas um período sem os regar,
Mas era tanta chuva dentro de mim que acreditei estarem se esbaldando n'água!
E agora, o que me resta é um terreno badio,
vazio, com mato e capim...
Não desmerecendo o pobre capim, mas...
Quero de volta minhas árvores...
Eu que nem andava no sol,
Agora sou obrigada a me queimar a procura do que é meu,
de meus sonhos,
Minhas tentativas de uma vida feliz e honrada...
Mas ao invés disso encontrei um mágico pelo meio do caminho,
Que me fez ficar sozinha no sol sentada,
Me fez olhar pra longe e disse que lá apareceria uma coisa grandiosa...
Dormi, acordei, e nada surgiu...
Mas ao retornar depois de muitos dias passados
vi o que ele fazia neste tempo...
Roubou o que eu tinha de mais precioso,
Nem as raízes ficaram,
Até elas ele arrancou...
E eu fiquei,
Sem nada, sem raízes,
Sem sonhos,
Sem quimeras...
Sem princípios,
sem crenças...
Sem mim,
Fiquei só, abandonada...
Arrancada de mim..
Destruída,
Acabada.
Só.
Luandra Russo
Enviado por Luandra Russo em 02/10/2006
Código do texto: T254875
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luandra Russo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 33 anos
110 textos (8586 leituras)
1 e-livros (33 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:47)
Luandra Russo