Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Eu, essa pessoinha..."

Limpa, descascada e sem caroço.
Fluindo, sem fintas e diluída.
Armazenando energias em sinfonia
Sem pólos, sem todos.
Somente você semente
Crescendo, brotando, vibrando
E uma enxada de cara magra
E cabo calejante.

Clara e sensual como a noite não dual.
É a vida que eu tracêjo e apago, fraquejo.
Seria eu somente a egoísta sereia.
Teria em minhas mãos o clarim
E meu diapasão à afinar o fim.
Do mundo dona
Amiga de todo o Mundo.

Nem passariam os dias
Os anos...
O tempo seria meu
E você a corda de meu relógio.
Acorda!
Eu, essa pessoinha.
Debora F
Enviado por Debora F em 03/10/2006
Reeditado em 10/10/2006
Código do texto: T255600

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Debora F
Arco-Íris - São Paulo - Brasil
106 textos (4533 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:41)
Debora F