Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COISAS DO MEU SERTÃO

Quando saí da minha terra,
Deixei as belezas naturais;
O nascer do sol na serra,
Há tempo não vejo mais.

A mata toda florida
Na estação da primavera;
Na minha terra querida
Onde a beleza impera.

Meu coração entristece
Quando começo a lembrar;
Minha visão escurece
E eu começo a chorar.

Não há nada na cidade,
Que se possa comparar,
Àquela vida de simplicidade.
Ah, se eu pudesse voltar!

As coisas do meu sertão
Não têm aqui na cidade;
Aperta-me o coração
Quando eu sinto saudade.
João Barbosa
Enviado por João Barbosa em 04/10/2006
Código do texto: T256155
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Barbosa
Extrema - Minas Gerais - Brasil, 68 anos
160 textos (10964 leituras)
3 áudios (130 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:41)
João Barbosa