Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Por que o Trem

Eu sempre gostei demais de trem.
Quase que é mesmo afeição.
Naquela marcha lenta ele vai dando
entrada na estação.
Pela janela a gente vai procurando
o amigo, a mãe ou o irmão.

Não sei explicar porque de trem
gosto muito mais que de avião.
Só sei dizer que na estrada rodando
ele é bem veloz.
E, de repente, da janela olhando
a gente vê um jardim, assim pra nós.

Sobre pontes ele vai passar,
diminui a marcha ao subir
aquela serra inclinada demais
– parece não terminar.
E, de repente, tudo se escurece,
mas depois o sol torna a surgir.

Tive de levá-la à estação.
Dela eu tive de me despedir.
Também o trem nos faz às vezes ficar
chorando de emoção,
pois chega o dia que ele deve levar
alguém que a gente queria impedir.

Porém mesmo assim prefiro o trem.


Rio, 24/07/1967
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 05/10/2006
Código do texto: T256838

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6596 textos (144478 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:37)