Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

morrer  de amor


Em canto escuro 

Por cima do muro 

Vislumbro ao lado 

Um cadáver prostado


                Fora morto à bala 

                    Jogado na vala 

                         Ao morrer estava drogado 

                              Era um viciado 


                                   O calor 

                                       O fedor 

                                           Urubús a voar                      
                                                  
                                                      Vermes a criar 

                                                            
                                                               Carne a apodrecer 
                                                    
                                                                    Carne a feder 

                                                           Cheiro horrível 
 
                                                     A transcender 

                                             
                                                 Queria ao corpo voltar 

                                       Queria ressuscitar 

                              Não tinha temor 

                  Tinha apenas horror 

           
        Horror daquele estado 

 Morto, não sepultado 


         Pelas aves bicado 

               Pelos vermes recheado 

                    Com  a luz do luar 

                         Algo me faz notar 


                                Era um rosto familiar 

                                     Nada a estranhar 

                                           Me veio à mente 

                                               Lembrança freemente 


                                     Aquele corpo estendido 

                             Era conhecido 

                 Era o corpo que tinha eu vivido 

       E por certa pessoa, decaído 


Após despreso e rejeição 

        De uma enorme paixão 

              Paixão que me levou à loucura 

                       E de forma o bscura 

                                Sem querer , sem poder 

                                           Só tive à morrer.
GDaun
Enviado por GDaun em 06/10/2006
Código do texto: T257454

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GDaun
Lupércio - São Paulo - Brasil, 72 anos
653 textos (43003 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:13)
GDaun