Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Peito partido (para Alessandra Lacerda)

O seu silêncio fez em mim
silêncio
No peito um coração pulou mais forte
Fez devagar um momento de paz inquieta,
fez festa e fez medo,
mescla de desejo e de desfecho do dia:

sentimento na penumbra.

Foi falta fraterna do que não te trouxe,
flauta livre em um momento doce,
e que por mais igual que fosse
era diferente no tom e nas cores.

Como martelo ligado à foice,
como campo e cidade
éramos eu e meu peito partido.

João Sarauê
Enviado por João Sarauê em 06/10/2006
Reeditado em 18/09/2007
Código do texto: T257682
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Sarauê
São Paulo - São Paulo - Brasil
51 textos (1432 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 06:58)
João Sarauê