Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um grito de dor

UM GRITO DE DOR

Guida Linhares

 

 

Brada no coração aflito em amargura,

um grito de dor lancinante que corta

o espaço em busca de supostos ecos,

soando como reverberações da agonia.

 

Dói na alma dilacerada pela dúvida,

os anseios dantes experenciados e certos

de que a cada momento do elevado sonho,

fundavam-se os alicerces de um grande amor.

 

Mas eis que a angústia implacável e cruel,

passa a habitar os jardins antes povoados

de infinita ternura, a sucumbir em erosão,

pelo implacável irrefletir de mentes vãs.

 

Assim do punhal lançado no peito agonizante,

resta a chaga aberta pela dor do desengano,

entretecida pela cruel decepção a galope,

cujo extupor imobiliza a pobre alma já cansada.

 

Mais eis que chega uma borboleta alada,

ressurgida da lesma que se arrastou no caos,

e das flores do jardim a ressurreição de cores,

balsamiza as feridas e eleva o coração a Deus!

 

Santos, SP - 05/10/06 - 18:00 hs

 

Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 08/10/2006
Código do texto: T259095
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1939 textos (158424 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:04)
Guida Linhares

Site do Escritor