Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Passando as horas, mas não em vão.





Vindo da semente da vida
Na entressafra da paixão
Quando sem contar com a razão
Nascera no Nordeste do Brasil
Um conhecido e velho assunto.

Dos especialistas do sertão
Aqueles que são ligados
Diretamente a natureza
Com os seus pés no chão.

Sem tesouros
Não esmorecem
Seus custos mínimos
Afrontam qualquer
Qualidade de vida.

Talvez pelo sofrimento exposto
Ali concentrará a maior parte do céu
Pois nada implacável
Fora feito por uma guerra imbecil
É justamente a arte plástica
Do contexto de Deus
Onde por todos os seus erros
A gloria desses homens
Estará totalmente certa
Na plenitude do perdão.
Condor Azul
Enviado por Condor Azul em 08/10/2006
Código do texto: T259701
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Condor Azul
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
722 textos (26303 leituras)
1 áudios (175 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 13:05)
Condor Azul