Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRINCESA DAS ÁGUAS DOCES

Sob a égide da glória,
as pelotas navegaram,
na Laguna mais doce, a dos Patos,
narram os antigos fatos,
ainda vivos em nossa memória.

As grandes festas imperiais,
sucumbiram em total decadência,
destruindo sonhos ancestrais.
Porém, a Princesa emerge na própria essência:

Bela, forte, impoluta!
É a Pelotas – Século XXI,
renascida das entranhas de quem luta.
Próximo cenário – desenvolvimento.
Patrimônio restaurado – crescimento.

É o novo e o velho interligado,
gerações convivendo lado a lado,
nos calçadões do futuro há esperança,
o Milênio das Luzes chega como herança.

Trabalho, tecnologia e fraternidade;
justiça, poesia, arte e dignidade.
Utopia? Apenas fé no dia a dia.
E a Princesa enfim, banhar-se-á
nas límpidas águas do Laranjal,
nosso eterno manancial.
Rosa Dias
Enviado por Rosa Dias em 08/10/2006
Código do texto: T259726
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosa Dias
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 59 anos
39 textos (6675 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 17:57)
Rosa Dias