Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A TEMPESTADE



Vento norte,
vento sul.
Tempestade!
Muita água.
Todos correram
eu também corri.
Cansei...e sôfrego, arfando,
tento respirar fundo.
Recompor-me diante do ocorrido,
do inesperado!

Todo molhado,
tremendo de frio,
lembrei,
de repente,
- Esqueci lá,
onde estávamos,
você!

Até que dá,
com sorriso matreiro nos lábios,
pra agradecer...

Obrigado,
de todo coração,
bendita tempestade!
Chegaste na hora certa.


Karuk
Enviado por Karuk em 09/10/2006
Código do texto: T260348
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Karuk
São João Del Rei - Minas Gerais - Brasil, 76 anos
300 textos (31525 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:05)
Karuk