Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solidão

Sinto-me só,
Só comigo mesmo,
Sozinho dentre a multidão,
Uma solidão sem limite.

A única coisa que quero é amar-te,
Sentir seu corpo quente dentre meus braços,
Beijar seus lábios, seu corpo,
Decifrar seus segredos mais obscuros.

E poder ter a certeza de que quando eu,
Acordar você estará ao meu lado,
Com o mesmo amor e entusiasmo,
Um prazer inocente e sem fim.
 
Lobo solitário
Enviado por Lobo solitário em 10/10/2006
Reeditado em 10/09/2011
Código do texto: T261007

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lobo solitário
Jaú - São Paulo - Brasil, 29 anos
37 textos (2938 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:52)
Lobo solitário