Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mesmo Lugar



Não havia escadarias
Além da sarjeta
Pra velha subir
Escrevendo o limite da emoção
E sentada
Sob o mesmo julgo
No mesmo lugar , há dias

Faz semanas e continua lá
Contínua , miserável
Fede , incrustada de sujeira
Insana
Junta de nenhuma possibilidade
Que não seja
Se enrolar no trapo imundo
A pele vestida pelo mundo

Mais dias se passaram
E mesmo lá estava assim
Se houvesse um fim
Ela o queria
Esperança e solução
Extremos da ilusão
Vomitada rente aos pés
De quem de pé
Não pode distinguir

A velha , o lixo
E o degrau que não subir
Ritual
Enviado por Ritual em 11/10/2006
Código do texto: T261914
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ritual
São Paulo - São Paulo - Brasil
92 textos (2222 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:03)
Ritual