Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Menos

Minha vingança pelo que ficou na lembrança
Medíocre,onírica
É que você nunca saiba
O quanto fiquei rendido pela dor

Das nossas idas e vindas sem um lugar pra ir
só uma vez foi dita a palavra amor
Mas com a voz tão baixa...Vergonha
que não foi nem de longe suficiente
pra amenizar o barulho do rancor

Minha maior vingança pelo que nunca some
É ter a certeza de que não fui especial
mas sim que fui apenas mais um nome
Na sua lista para "conflito sentimental"

Às vezes fico pensando se você sabe a diferença
entre uma pessoa e um animal
entre mim e você
O bem e o mal

Entre a minha cabeça,que quer sofrimento
E os bons fluidos do meu coração
Mas acho que agora eu não ligo tanto
É.Acho que não ligo não

Jorge Desosy
Enviado por Jorge Desosy em 11/10/2006
Reeditado em 15/01/2007
Código do texto: T262115
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Desosy
Mendes - Rio de Janeiro - Brasil, 32 anos
41 textos (1123 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:47)
Jorge Desosy