Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não mates a mim

Aos poucos o sofrer tomou forma
Invadiu meu coração
Instalou-se de tal forma
Que expulsou de vez a felicidade...

Alimentando-se dos fatos
Cada dia mais forte
Foi mudando a minha sorte
Escrevendo outra história...

Teus olhos que me enfeitiçavam
A ternura que me abraçava
Tudo uma armadilha
Era a maldade tua fantasia...

Nas garras do destino
A esperança em desatino
Sou fardo pesado pra carregar
Assim vejo-me aos teus olhos.

Jamaveira
11.10.06














Jamaveira
Enviado por Jamaveira em 11/10/2006
Código do texto: T262124
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jamaveira
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 62 anos
1943 textos (96000 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:18)
Jamaveira