Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Intermédio

Sereia desacordada sobre a areia
acordarei quando uivar meu lobo
pai do sonho fogoso que m’enleia
filho doce ao meu colo encostado!

Há em meus olhos mansos a louca
do ventre odorante,fundo,marinho
e na voz   balbucios da maré rouca
sedução que confunde o caminho!

Minha cauda pousa,valsa frenética
e cobre a perola cobiçada aturdindo
homens-lobo que desafiam a lógica,
apaixonados, à ilusão s’entregando!

Em mim a sereia espera que a rede
a faça mulher enjaulada  por gosto,
garça mansa a expor a sensualidade
e arder amor quando passa o vento!

Entre as conchas e as águas a ilusão,
permeando predadores e sedutores
que vestem fantasia e alçam emoção,
a musa dominará os conquistadores!

Santos-SP-11/10/2006

Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 11/10/2006
Código do texto: T262269
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23415 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:35)
Inês Marucci