Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os meus cantos são desencantos



Os meus cantos
São só cantos e desencantos.

São cantos dos olhos meus
São mágoas e mínguas
Desencantos
Por entretantos que a vida apagou
Por amores que a vida não elegeu.

Os meus cantos são recantos
Pontos de encontro que a vida sonegou
São cantos e prantos
Choros do mundo
Lágrimas que o vento levou.

Não choro nem rio
Estou sisudo, gelado
Com muito frio.

O meu canto não me encanta
Esbateu-se na água
Dilui-se no rio
E eu só
Continuo com frio
Porque canto
Sem me encantar.

Coimbra, 2 de Novembro 04


       Vimarakof


Vimarakof
Enviado por Vimarakof em 12/10/2006
Código do texto: T262379
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vimarakof
Portugal, 57 anos
13 textos (351 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:56)