Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Céu Cinza

Um clarão no céu cinza
O Sol que engole a Terra
E as minhas lembranças escuras
De cada segundo que passa

O tempo parou
Congelou seu sorriso
mais parece dor
mais parece comigo

As folhas verdes das palmeiras
inocentes dançando no ar
Derretendo como cera quente
Sumindo como as ondas do mar

Mas o tempo parou
Logo nesse exato momento
No qual o céu está prateado
Refletindo sofrimento

E você nem vê
Porque dorme agora
Porque já foi embora
Muito antes da hora

Mas eu ainda tinha esperança
Pelo nosso amor escondido
Do qual não me recordo mas está na lembrança
Dos momentos em que era criança

O tempo parou mas não volta
E você está quieta no sofá
Tão distante antes da hora
Em que o céu começa a desabar

Jorge Desosy
Enviado por Jorge Desosy em 12/10/2006
Reeditado em 15/01/2007
Código do texto: T262974
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Desosy
Mendes - Rio de Janeiro - Brasil, 32 anos
41 textos (1123 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 17:55)
Jorge Desosy