Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Engano

Enganei-me quando pensei
Que seria feliz ao lado de alguém,
Alguém que não corresponde,
Que não sente.

Enganei-me quando pensei
Que existia alto tão intenso
O qual te faz mudar de rumo,
Faz-te esquecer quem és.

Enganei-me quando pensei
Que ela estava reservada a mim.
Destino cruel, por quê?
Por que a tiraste de mim?

Enganei-me quando pensei
Que a vida é justa,
Porém, vejo que estamos condenados à luta,
Condenados a nos enganar.

Fui chamado de egoísta.
Chamaram-me de insensível.
Porém, eu senti,
Sinto desprezo.

Sou um tolo agora.
Sinto-me um tolo por querê-la de volta.
Senti-me um tolo por não fazê-la feliz
E me sentirei um tolo por esperá-la outra vez.

Carlos H. de Oliveira
Carlos Henrique de Oliveira
Enviado por Carlos Henrique de Oliveira em 13/10/2006
Código do texto: T263605
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Henrique de Oliveira
Olinda - Pernambuco - Brasil, 32 anos
67 textos (2445 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:46)
Carlos Henrique de Oliveira