Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poesia desfeita

Hoje percebo o quão tarde é...
Não posso mais voltar atrás.
Fui conduzido por um sonho,
E hoje não sei viver mais.

Oh sonhos!
Não quero mais sonhar... quero viver.
Meus sonhos se tornaram uma tormenta.
É injusto te querer e não te ter.

Seus lábios...
Que aos meus serviam como travesseiro.
Hoje beijam outros lábios...
Este é o meu pesadelo.

Sua voz...
Que adoravelmente recitavam lindas palavras.
Hoje pronunciam palavras de baixo calão.
E estas se mantém gravadas.

Você...
Que junto a mim formava uma linda poesia.
Me fez poeta sem inspiração,
Ao me negar sua companhia.

Sonho e pesadelo...
Hoje assim sou.
Vejo você em outros braços, para meu pesar,
E sonho o amor de quem nunca me amou.

E hoje percebo o quão é tarde,
Sim, é tarde para voltar atrás.
Vivi um sonho no qual meu único erro
Foi amar demais.
Maicon Merlin
Enviado por Maicon Merlin em 13/10/2006
Reeditado em 25/07/2009
Código do texto: T263611
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maicon Merlin
Mogi das Cruzes - São Paulo - Brasil, 30 anos
114 textos (3888 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:16)
Maicon Merlin