Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO CHOVA CHUVA!






NÃO CHOVA CHUVA!







Dói alma despedaçada em pétalas
espremidas no sangue
sem cor o dia morto.
Lágrimas do rio
caminham o nada,
engolindo a dor sem forma
craqueando   pensamentos.



Queima fogo no deserto disforme
da areia facetada.
Dói sem dó,
por seres  farelo
desgarrado do pão.
Por não saberes dizer não,
porque o mundo
é esse dia nublado pedindo perdão
por  acontecer.



Não chova chuva, pois que me desfaço.
Dolorido delírio incandescente
da esperança agreste,
sem pão,
sem água.



Discretamente bate à porta,
perfume incrédulo
fugido do mundo,
olhei-o
com força,
ouvi o estampido
e não sabia mais..
havia morrido?






                                                           RJ – 30/06/2006
                                                                                                                   Ivy Gomide


"""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""
Ivy Gomide
Enviado por Ivy Gomide em 13/10/2006
Código do texto: T263840
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ivy Gomide
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
16 textos (466 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:18)
Ivy Gomide