Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



POESIA DESDENHADA





Minha poesia é acanhada
Por isso é meio desdenhada
Não sigo correto as regras
Escapo pelas contra-regras

Queria fazer uma canção de amor
Mas meus versos são errados
E a canção sairia sem bordados
E não expressaria o meu amor

Ela é feita com alma, garanto
Mesmo sem rima e sem canto
Ela fala de amor e esperança
De futuro com bonança

Não vou esperar aprender
Para poder abertamente dizer
Meus versos com muita vontade
Levar minha alma à bondade


Malubarni
Enviado por Malubarni em 14/10/2006
Código do texto: T264057

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Malubarni
Vila Nova De Gaia - Porto - Portugal
595 textos (118437 leituras)
2 áudios (277 audições)
3 e-livros (397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 12:41)
Malubarni